São Joaquim News: Sem foro privilegiado, Cid quer ser julgado no STF por propina de R$25milhões da JBS

quinta-feira, 1 de março de 2018

Sem foro privilegiado, Cid quer ser julgado no STF por propina de R$25milhões da JBS


O ministro Edson Fachin, responsável pela Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), analisa, nos próximos dias, o pedido do ex-governador Cid Gomes (PDT) para manter seu processo na Corte.

Em delação premiada, Wesley Batista, dono da JBS, afirmou que Cid cobrou R$ 25 milhões em propina para liberar créditos da empresa junto ao Governo do Ceará, em 2010 (R$ 5 milhões) e 2014 (R$ 20 milhões).
Fachin já enviou a parte do processo na qual são apurados fatos acontecidos em 2010 para a primeira instância. Agora, Cid pede que o ministro reconsidere a decisão e deixe o caso no STF, mesmo o ex-governador estando sem mandato.

Com informações do colunista Lauro Jardim (O Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUES DA SEMANA