São Joaquim News: Itapajé: Ano letivo começa sem transporte escolar em muitas rotas

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Itapajé: Ano letivo começa sem transporte escolar em muitas rotas

O ano letivo da rede municipal de Itapajé teve início nesta segunda-feira, dia 04 de fevereiro, e mais uma vez não faltaram reclamações relacionadas à falta de transporte escolar. Pais e alunos de diversas localidades, tais como Pitombeiras, Soledade, Santana, São João, Jucá, Santa Maria, Saco do Vento, etc., rec alamaram da ausência de veículos para transportar os estudantes já no primeiro dia de aulas.

Procurado pela equipe de jornalismo da rádio Atitude FM, o coordenador do setor de transportes da Secretaria Municipal da Educação, Venicius Rodrigues, admitiu a falha, mas disse que até o final da semana o serviço deverá estar normalizado. Ele justificou a falta de transporte afirmando que as empresas vencedoras da licitação ainda estão encerrando os trâmites burocráticos para ocupar as rotas descobertas. Uma das firmas contratadas, Uruburetama Transportes Rodoviários, que explorará a maior parte das rotas, suprirá parte da demanda com ônibus próprios e os demais veículos serão terceirizados. Os representantes da firma devem estar no município ainda nesta semana para acertar os últimos detalhes com os proprietários de veículos que serão alugados. A segunda empresa vencedora do certame foi a Performance Locação.

A licitação do transporte escolar ocorreu no dia 25 de janeiro, dez dias antes do início das aulas, mas apesar do curto espaço de tempo entre o encerramento do certame e o início do ano letivo, o secretário da educação, Vilemar Marinho, informou, em entrevista veiculada no Jornal Integração do dia 28 de janeiro, que até a data indicada para o início do ano letivo o transporte escolar estaria disponível para os estudantes. “É tempo suficiente para que as empresas se adequem às ações, para iniciar as aulas no dia 04”, disse naquela oportunidade. A previsão não se cumpriu.

Além dos veículos contratados, a Secretaria Municipal da Educação conta com 12 ônibus e micro-ônibus de transporte escolar em sua frota. Os chamados “amarelinhos” foram utilizados entre os dias 28 de janeiro e 1º de fevereiro para transportar os estudantes da rede estadual em sua primeira semana de aulas. O número de carros, no entanto não foi suficiente e muitos alunos ficam sem o serviço. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESTAQUES DA SEMANA